Pesquisar este blog

quarta-feira, 29 de abril de 2009

Pastores em Perigo!


Vamos ser honestos - ministério é difícil. Quantos de nós já não pensamos em desistir?
Já chega, não aguentamos mais análises (bem-intencionadas) , nem mais e-mails para definir o que precisamos fazer, ou de mais de críticas: o que vestir, como falamos, como nos conduzir, como nossas esposas devem, ou não devem se comportar/fazer; ou nossos filhos; como sou ou deixo de ser em casa; como falo, como penso, com quem ando, etc.

Muitos de nós já estamos jogando a toalha! Estimativas são elevadas: São 1500 pastores desistindo do ministério por mês! Os motivos ou razões são muitas: Por problemas familiares, de saúde, falhas morais, Problemas finançeiros, e vários outros motivos. Para onde estão indo todos estes líderes? O que faz com que aqueles que nós víamos claramente o chamado de Deus sobre eles saírem do ministério para se tornarem empregados em uma loja qualquer?

Podemos aprender muito a partir do Apóstolo Pedro, chamado por Cristo à seguir como um discípulo próximo, que era de um relacionamento tão íntimo com Cristo, mas como bem sabemos ele negou conhecer à Jesus Cristo. Ele ficou tão abatido que deixou seu ministério e saíu e voltou para seu antigo trabalho de pesca. Depois que ficou cara a cara com o Senhor ressuscitado, ele reconheceu sua falha e voltou. Depois disso Pedro já não vivia mais como antes. Para aqueles de nós que estão lutando, uma reflexão deve ser feita: "Humilhai-vos, portanto, sob mão poderosa de Deus, para que Ele no tempo oportuno vos exalte, lançando sobre Ele toda vossa ansiedade, pois Ele tem cuidado de vós "(I Pedro 5:6-7).

Você entende isso? "Ele cuida de você", o Deus do universo cuida de você e eu, independentemente do que outros podem dizer ou como você pode sentir-se, você é digno de sua convocação para ministério. "Seja auto-controlado e fique em alerta. Seu inimigo o diabo anda ao derredor rugindo como um leão procurando alguém que possa tragar. Resisti-lhe, firmes na fé, porque sabe que seus irmãos em todo o mundo estão sofrendo o mesmo tipo de sofrimento "

(I Pedro 5:8-9 ).

Você pode estar se perguntando "Quem é que se interessa?" Nós estamos empenhados na salvação daqueles que estão prontos para desistir, que sentem que estão literalmente se afogando no ministério.

Estou aqui para encorajar, oferecer aconselhamento com a mais estrita confidencialidade, e fornecer recursos para você e sua família, como Deus nos dá a capacidade para fazê-lo. Estou aqui porque você é digno de sua vocação.

Estou aqui para ajudá-lo. Seja firme! Não desista!

Em Cristo,

Um comentário:

Alexandre Pevidor disse...

Obrigado pelo post, mas quando um pastor chega ao ponto de pensar seriamente em desistir de pastorear igreja é porque a ferida já chegou na alma, e não há palavra que possa me convencer do contrário. Após 20 anos de carreira pastoral chegue à conclusão que não sou vocacionado, não sou chamado, não sou capaz a desempenhar este ofício.