Pesquisar este blog

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Ser Pastor é:Receber carta de pedido de perdão anônima!

Carta ao meu Pastor:
Olá Pastor, eu escrevi essas poucas palavras principalmente para lhe dizer obrigado. Pastor, eu também devo dizer que nós te amamos. Esta carta não é apenas sobre algo próprio, mas estas palavras refletem o carinho, amor e sentimentos de todo o corpo. Nós estamos contentes de estar aqui, e temos a felicidade de sermos alimentados por Deus através da sua vida, e em saber que o você nos ama.

O que realmente precisávamos te dizer Pastor, é que pedimos perdão. Pastor lamentamos profundamente!

Olha, nós sempre o tivémos como o nosso forte e feliz Pastor. Nós nunca paramos para pensar que houve momentos difíceis na sua vida, em quantas vezes se sentiu fraco e cansado; abandonado e solitário... Sempre que olhávamos você estava de cabeça erguida, mantendo uma postura de fé e coragem, como alguém inabalável em nossa presença... Esquecemos que você tem seus próprios problemas e particularidades, suas lutas e preocupações.

Você sempre foi tão bom em colocar seus próprios problemas e situações adversas de lado, em nunca usar seus problemas pessoais como desculpa para não fazer, como é costume nosso fazer; sempre nos perdoando e estendendo a mão quando errávamos, porém não fizemos o mesmo por você. Pecamos contra Deus por "endeusar" você ao te ver como alguém infalível.

Nos deu atenção e por muitas vezes te seguramos até tarde com nossos problemas e questionamentos como se você não tivesse família ou assuntos pessoais para resolver, como se não precisasse comer ou descansar. Sempre nos fez sentir como se fossemos as pessoas mais importantes do mundo; e nós o tratávamos como se fosse nosso empregado...

Pastor, nós nos esquecemos que existem momentos em que você mesmo cansado, não deixa de aparecer quando nós chamamos. Que mesmo tendo a oportunidade de encontrá-lo na igreja, nós muitas vezes fazemos você vir até nossa casa depois de um dia exaustivo de trabalho.

Quando nós faltamos à um culto sempre estamos bem argumentados, cheios de desculpas que "devem" ser aceitas por você; mas quando em algumas ocasiões você faltou ao culto,às vezes até por motivos de saúde,nós o cobrávamos.

Você nunca deixou de prestar socorro na dificuldades, de visitar quem estava doente ou de consolar quando alguém sofreu a perda de um ente querido; ou quando tivemos problemas em nossos lares. Quantas vezes nos disse "espera", por não conseguir dizer "não posso", pois mesmo resolvendo problemas de outros você já estava pensando em administrar o tempo para dar à nós; e muitas vezes foi insultado ao nos ouvir dizer que não tinha responsabilidade e palavra, que sempre chegava atrazado; e mesmo assim sem argumentar pediu perdão, integro, mesmo duvidávamos da sua integridade... Perdoa-nos Pastor!

Você nunca parou de falar de coragem e força para nossas almas, em meio as nossas fraquezas, porque você sempre confiou em Deus e nos ensinou a fazer isso.

Quando estávamos passando por lutas e ataques do inimigo você esteve ao nosso lado, nos defendeu muitas vezes, mas quando era você o alvo dos ataques, quando era você que estava sendo ferido, nós admitíamos o apedrejamento e ainda segurávamos as vestes de quem o apedrejava.

Pastor, por tudo isso, e mais outras coisas que devo ter esquecido, nos perdoa! Nós amamos você, e voltamos a pedir perdão por não reconhecer o dom de Deus que há em ti, sua importância para nossas vidas e seu esforço para se manter em pé por amor à nós.

(Decidi não esperar até o dia do Pastor ou qualquer outra data ou ocasião especial, para dizer o que sentimos.)

Somos falhos mas, por favor, não deixe de ser nosso Pastor ! Precisamos de você mesmo quando tentamos fazer você acreditar que é só você que precisa de nós!

Que Deus continue te usando e capacitando a cada dia mais! Você é o melhor pastor do mundo!

(anônimo)

Estimados Pastores(as) e Líderes, apesar dessa carta ser anônima, foi dirigida à um pastor e reflete bem uma realidade: Nossa realidade!
Acredito que infelizmente, muitos pastores jamais vão receber uma carta como essa em suas vidas. Mas eu gostaria de lhe oferecer esta carta, como ovelha de um rebanho a você Pastor(a) de qualquer idade, ministério ou nação.

Isso expressa a realidade de cada um de vocês ainda que não reconhecida.
Essa é uma verdade que apenas não foi dita à você por sua igreja mas que eu desejo que você receba como sendo sua.

Não esqueça que o verdadeiro reconhecimento ainda está por vir!
Deus abençoe vocês !!

*(Quero ainda incentivar a você que não é pastor(a) a copiar este texto, ou escrever uma carta ao seu pastor(a) para que os mesmo seja incentivado e motivado a continuar seu trabalho ao mesmo tempo que é renovado em suas forças por estas palavras de reconhecimento por sua dedicação)



Um comentário:

Pastor Seiji Kikuti disse...

Quem quizer o link deste blog para postar no Twitter, eu já o encurtei no site Lc4.in para facilitar!
http://lc4.in/JK0z