Pesquisar este blog

segunda-feira, 5 de abril de 2010

Ser Pastor é: Estar dentro dos critérios estabelecidos na Bíblia.

"E ninguém toma para si essa honra, senão o que é chamado por Deus, como Arão, Assim também Cristo a si mesmo não se glorificou para se tornar sumo sacerdote, mas o glorificou Aquele que disse: Tu és meu filho, hoje te gerei."(Hb 5.4,5)

Como Arão: Isto significa:
1)- Arão foi escolhido por Deus no monte onde falou com Moisés(Êx.4:14) para ser Auxiliar de Moisés. Ele aprendeu a servir primeiro, para depois ser escolhido para o sacerdócio.

2)- Arão já exercia liderança na ausência de Moisés. (Êx. 32:25)

3)- Deus separa Arão para o sacerdócio. (Êx. 39:1) Deus ordena a Moisés que faça vestes sagradas e uma estola sacerdotal para Arão. Era o Revestimento Espiritual de Deus sobre Arão; Renovação e Autoridade expressas nas vestes, estola e peitoral.

4)- Arão é consagrado. (Lv. 8:1~10) Moisés lavou Arão e os filhos, os vestiu, colocou sobre ele a estola sacerdotal, o peitoral e o ungiu com óleo. Deus sempre usa uma autoridade espiritual para consagrar outra.
Moisés impôs as mãos sobre Josué e o consagrou a líder(Dt. 34:9);
Samuel consagrou Davi( I Sm.16:13);
Elias unge Eliseu (I Rs. 19:16);

Sempre vamos notar uma autoridade espiritual sendo usada por Deus para consagrar alguém escolhido por Deus.

5)- Confirmação do sacerdócio de Arão. (Nm. 17: 1~8) A vara de Arão floresce, confirmando seu chamado e sacerdócio.

1)- Aprendemos aqui, que quando Deus escolhe um líder Ele ministra isso em primeiro lugar ao seu Líder em exercício. Quem estipulou a hierarquia foi Deus, quem ordenou foi Deus, logo Deus não vai quebrar algo que foi estabelecido por Ele. (Rm.13:1~)
2)-Aprendemos que geralmente são escolhidas pessoas que já estão servindo e aprendendo o ofício junto a liderança escolhida por Deus. Deus não consagra ninguém despreparado.
3)-Aprendemos que será visível a autoridade, santidade e capacitação sobre a vida daquele a quem Deus escolher. “ Conhecereis a árvore pelos frutos” (Mt. 7: 15~20)
4)-Aprendemos que a consagração deve ser pública e com uso de óleo para unção.
5)-Aprendemos que só alguém que exerce a Autoridade pode Delegar Autoridade à alguém. Por isso existe a exortação de Paulo: “A ninguém imponhais precipitadamente as mãos” (I Tm. 5:22) no tocante as consagrações; uma responsabilidade que está sobre os que exercem o ministério.
6)-Aprendemos que Deus confirma sempre o chamado de alguém. Deus confirmou o ministério de Moisés, de Arão, Davi, Elias...

Se todos fossem cientes das verdades bíblicas, nós não teríamos tantas igrejas divididas, e um monte de igrejas sendo abertas por pessoas despreparadas que se auto intitularam "Pastores" e que deturpam a palavra, escandalizam e atrapalham mais que ajudam.
Nós Pastores(as) e Líderes precisamos fazer mensagens preventivas ensinando o povo que há princípios que Deus estabeleceu na bíblia e padrões que fazem parte da formação de um líder.

Deus abençoe seus ministérios! Paz


Nenhum comentário: