Pesquisar este blog

quarta-feira, 19 de maio de 2010

Ser Pastor É... Pastorear!!



Além das coisas exteriores, me oprime cada dia o cuidado de todas as igrejas.
Atos 11:28.

Temos exercido um ministério onde nós colocamos literalmente a mão na massa! Somos hora pedreiro,carpinteiro, eletricista, encanador, etc. Não que tenhamos exatamente estar lá, mas quando nos damos por conta, eis que estamos lá, trabalhando,Fisicamente envolvidos.

Não é incomum estarmos cansados fisicamente e sobre forte pressão psicológica, além da pressão espiritual que está sobre nossos ombros. Coisas dificeis de serem entendidas por ovelhas.


Para elas, estamos sentados embaixo de uma árvore, na "sombra e água fresca" sem fazer nada, sem motivos para estarmos cansados. "O Pastor não faz nada!"


Porém não podemos seder a este tipo de pressão e sair querendo mostrar serviço. Acredite: muitas das nossas ovelhas, se pudessem colocariam a gente em uma casa "BigBrother" para ver o que fazemos o dia inteiro. Para eles dízimo não é devolução do que pertence à Deus, é mensalidade, mensalidade que paga teu salário, então eles querem ver "O dinheiro deles bem investido!" E se você cair nessa de ser o agente bom-bril da igreja, posso lhe garantir que você não aguentará muito tempo.


Haverá momentos em que precisamos fazer para dar o exemplo, ensinar como se faz, mas isso não deve ser constante. Não precisamos fazer tudo sozinho. Não se esqueça:

-Sua primeira e principal tarefa é espiritual !


Você pode ser substituído em outras áreas mas não poderá deixar sua função de pastorear nas mãos de outro. Esta é sua função, sua missão, seu chamado!


Determine hora de descanço, de estudo, leitura, oração... Mostre seu serviço no culto, no estudo, nas reuniões de negócios, mostre que tens usado seu tempo para o aperfeiçoamento do seu chamado e ministério. Mostre qualidade, criatividade e eficiência dentro das tuas funções pastorais, e diga ao rebanho que seu crescimento e aprimoramento se deve a este tempo que você tem.


Ser bom pedreiro, carpinteiro, músico, não vai segurar o rebanho na igreja, mas sim a qualidade de pasto que elas comem. Lembre-se: Se uma ovelha troca seu pasto por outro, é porque o pasto lá está melhor! Então não fique chateado com o colega de ministério, nem com a ovelha que saiu; cuide que o alimento que você está oferecendo é de boa qualidade! Sei que mesmo dando seu melhor é inevitável que algumas pessoas migrem para outras igrejas, mas a saída constante deve funcionar como um alerta. Descança o lado externo, cuide do lado interno.


Deus abençoe todos os Pastores(as) no Nome de Jesus!


Nenhum comentário: