Pesquisar este blog

segunda-feira, 5 de abril de 2010

Ser Pastor é... Correria!!

Bom amados de Deus, em primeiro lugar gostaria de pedir perdão pela falta de postagens aqui em meu blog. Estamos na "lida"! (rs)


Estou atualmente cuidado de praticamente 4 igrejas.Na verdade são 2 oficiais com templo alugado e toda uma estrutura, e 2 são obras novas, mas com um grande potencial de se tornarem igrejas. Na verdade trabalho com um projeto chamado mini-church, que visa implantar pequenas igrejas em áreas distantes onde há uma maior concentração de membros da igreja sede, não só prestando uma maior assistência aos membros, mas incentivando-os a convidar seus amigos e parentes que residam em mesma área que sempre colocam a distância como barreira para irem até a igreja.


Se este projeto fosse no Brasil, a extensão do projeto alcançaria bairros, mas para nós no Japão nossas extensões estão em cidades diferentes. São 2 Igrejas e 2 mini-church's em 4 cidades diferentes e em 2 estados diferentes. Dá para imaginar a correria? Pois é... Mas como amo fazer isso, não tem jeito, vou continuar na correria!! (rs)


Então só resta pedir oração por mim e por estas 4 igrejas. Que Deus me de graça!!!
Prometo não sumir tanto desta vez, ok?


Um abraço à todos!!! Paz!


Atualizações: 
*Segunda,24 de maio  de 2010.Estou percorrendo 300 Km.  por semana!  8 cultos por semana, 4 cidades diferentes localizadas em 2 estados diferentes!  
*Domingo,30 de maio de 2010. Inauguramos uma Igreja só para Japoneses na cidade de                          Hamamatsu, Província de Shizuoka! 17 japoneses compareceram à inauguração! 
*Domingo,31 de outubro de 2010. Inauguramos uma Igreja para brasileiros em Shinshiro, Província de Aichi! 
*Sábado,13 de novembro, Batizamos 7 japoneses, 1 peruana, e 1 brasileiro! Deus seja 
louvado! 
*Terça, 30 de Novembro de 2010. São 4 igrejas com salões alugados, 1 mini-church em processo. Aguardem novidades! 

Ser Pastor é: Estar dentro dos critérios estabelecidos na Bíblia.

"E ninguém toma para si essa honra, senão o que é chamado por Deus, como Arão, Assim também Cristo a si mesmo não se glorificou para se tornar sumo sacerdote, mas o glorificou Aquele que disse: Tu és meu filho, hoje te gerei."(Hb 5.4,5)

Como Arão: Isto significa:
1)- Arão foi escolhido por Deus no monte onde falou com Moisés(Êx.4:14) para ser Auxiliar de Moisés. Ele aprendeu a servir primeiro, para depois ser escolhido para o sacerdócio.

2)- Arão já exercia liderança na ausência de Moisés. (Êx. 32:25)

3)- Deus separa Arão para o sacerdócio. (Êx. 39:1) Deus ordena a Moisés que faça vestes sagradas e uma estola sacerdotal para Arão. Era o Revestimento Espiritual de Deus sobre Arão; Renovação e Autoridade expressas nas vestes, estola e peitoral.

4)- Arão é consagrado. (Lv. 8:1~10) Moisés lavou Arão e os filhos, os vestiu, colocou sobre ele a estola sacerdotal, o peitoral e o ungiu com óleo. Deus sempre usa uma autoridade espiritual para consagrar outra.
Moisés impôs as mãos sobre Josué e o consagrou a líder(Dt. 34:9);
Samuel consagrou Davi( I Sm.16:13);
Elias unge Eliseu (I Rs. 19:16);

Sempre vamos notar uma autoridade espiritual sendo usada por Deus para consagrar alguém escolhido por Deus.

5)- Confirmação do sacerdócio de Arão. (Nm. 17: 1~8) A vara de Arão floresce, confirmando seu chamado e sacerdócio.

1)- Aprendemos aqui, que quando Deus escolhe um líder Ele ministra isso em primeiro lugar ao seu Líder em exercício. Quem estipulou a hierarquia foi Deus, quem ordenou foi Deus, logo Deus não vai quebrar algo que foi estabelecido por Ele. (Rm.13:1~)
2)-Aprendemos que geralmente são escolhidas pessoas que já estão servindo e aprendendo o ofício junto a liderança escolhida por Deus. Deus não consagra ninguém despreparado.
3)-Aprendemos que será visível a autoridade, santidade e capacitação sobre a vida daquele a quem Deus escolher. “ Conhecereis a árvore pelos frutos” (Mt. 7: 15~20)
4)-Aprendemos que a consagração deve ser pública e com uso de óleo para unção.
5)-Aprendemos que só alguém que exerce a Autoridade pode Delegar Autoridade à alguém. Por isso existe a exortação de Paulo: “A ninguém imponhais precipitadamente as mãos” (I Tm. 5:22) no tocante as consagrações; uma responsabilidade que está sobre os que exercem o ministério.
6)-Aprendemos que Deus confirma sempre o chamado de alguém. Deus confirmou o ministério de Moisés, de Arão, Davi, Elias...

Se todos fossem cientes das verdades bíblicas, nós não teríamos tantas igrejas divididas, e um monte de igrejas sendo abertas por pessoas despreparadas que se auto intitularam "Pastores" e que deturpam a palavra, escandalizam e atrapalham mais que ajudam.
Nós Pastores(as) e Líderes precisamos fazer mensagens preventivas ensinando o povo que há princípios que Deus estabeleceu na bíblia e padrões que fazem parte da formação de um líder.

Deus abençoe seus ministérios! Paz